Solução Gamificada

7 Fatores que podem atrapalhar o sucesso de uma gamificação

1 – Diagnóstico impreciso 

Fundamental saber para quem estamos criando a Solução Gamificada. Dados dos participantes como: idade, geração, gênero, origem geográfica, grau de alfabetização e escolaridade, hábitos, uso da informática, eletrônicos, atividades que apreciam, e outros, podem ajudar e muito no desenvolvimento de uma Solução. Importante também considerarmos a cultura e os objetivos tanto da Empresa como dos Jogadores.

2 –  Ausência de Desafios e Progressões 

Quando a Gamificação é fácil demais com poucos desafios a serem cumpridos e/ou ausência de etapas de progressão, a jornada . Com isso o jogador realiza apenas tarefas que já sabe ou domina, fica sem propósito e pode considerar o jogo entediante.  É importante ele conseguir visualizar sua Jornada. Como acontece na vida, não sabermos onde estamos e onde queremos chegar pode nos distrair e imobilizar.

3 –  Desequilíbrio entre Competição e Colaboração 

Soluções Gamificadas que exageram na competição suprimindo a colaboração podem atrapalhar os resultados esperados. A colaboração é uma aliada no engajamento dos participantes.  Não estabelecer possibilidades de conexão, comunicação, ajuda e ranking entre os participantes pode desmotivar os jogadores.

4 – Regras complicadas e/ou muito complexas 

Se as regras não forem claras e/ou se forem muito complexas, o usuário pode desistir já nos primeiros momentos.  Explicações e entendimento do que deve ser feito, como deve ser realizado e para quê são relevantes.  Quanto mais claro e sucinto, melhor. Em muitos casos é interessante utilizar exemplos, simulações, desenhos, modelos, enfim tudo que possa facilitar o entendimento de cada etapa.

5 – Falhas no Sistema de Pontuação e Premiação 

Muitas soluções gamificadas utilizam sistemas de pontuação e premiação. Falhas nesta tabulação podem atrapalhar. As pessoas geralmente são refratárias quando se sentem injustiçadas ou com alguma perda.

6 – Ausência de feedbacks e de celebrações 

É muito importante o jogador receber feedbacks relativos a sua performance. Os feedbacks trazem indicativos ao jogador de como está sua progressão durante a Jornada e se ele está conseguindo cumprir os desafios propostos.  Celebrar as pequenas conquistas alcançadas também é aconselhável. Quando somos reconhecidos e gratificados por nossas conquistas, liberamos a dopamina que nos dá a sensação de prazer e de missão cumprida nos impulsionando a irmos em direção a novas conquistas.  (Exemplos: feedbacks positivos, pontos, prêmios, possibilidades de avanço para outras etapas e outros.)

7 – Falta de elementos divertidos 

A diversão é inerente as Soluções Gamificadas. A falta de diversão pode tornar a experiência entediante, sem motivação  e com poucos resultados atingidos.  Conforme Nicole Lazzaro  existem 4 tipos de diversão: Easy Fun, Social Fun, Hard Fun e Serious Fun. Mas isto já é assunto para um próximo post!

Rosa A Epelbaum – diretora da Ellux Consultoria

Consulte nossos serviços de ConsultoriaTreinamento, Auditoria e Gamificação em Sistemas de Gestão e Sustentabilidade.

Para saber mais:

Gamificação: Interessante ferramenta para engajar funcionários

Os principais benefícios da Gamificação

Gamificação como ferramenta para melhoria da aprendizagem

SUCESSO NA GAMIFICAÇÃO: A IMPORTÂNCIA DE CONHECER O PERFIL DOS JOGADORES!

COMO ESTRUTURAR UM SISTEMA GAMIFICADO

GAMIFICAÇÃO, DIVERSÃO E TREINAMENTOS 

GAMIFICAÇÃO E A MUDANÇA DE HÁBITOS 

Gostou? Compartilhe este post!

Ellux Consultoria - há mais de 18 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Oferecemos auditorias, consultoria, treinamentos e gamificações em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, ISO 45001, ISO 26000, NBR 16001, SA 8000, ISO 50001, ISO 31000, ISO 37001, ISO 19600, NBR 19601, DSC 10000, PRÓ ÉTICA, BPM e outros modelos.