Auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011; ISO 14001)

Processo sistemático, independente e documentado para obter evidência objetiva e avaliá-la objetivamente para determinar a extensão na qual os critérios de auditoria são atendidos.

NOTA 1 Os elementos fundamentais de uma auditoria incluem a determinação da conformidade de um objeto, de acordo com um procedimento realizado por pessoal não responsável pelo objeto auditado.

NOTA 2 Uma auditoria pode ser uma auditoria interna (primeira parte) ou uma auditoria externa (segunda parte ou terceira parte) e pode ser uma auditoria combinada ou uma auditoria conjunta.

NOTA 3 Auditorias internas, algumas vezes denominadas auditorias de primeira parte, são conduzidas pela própria organização para análise crítica pela direção ou para outros propósitos internos e podem formar a base para uma declaração de conformidade da organização. Independência pode ser demonstrada pela ausência de responsabilidade em relação à atividade que está sendo auditada.

NOTA 4 Auditorias externas incluem aquelas geralmente denominadas auditorias de segunda e terceira partes. Auditorias de segunda parte são conduzidas por partes tendo interesse na organização, como clientes ou por outras pessoas em seu nome. Auditorias de terceira parte são conduzidas por organizações de auditoria externas, independentes, como aquelas que fornecem certificação/registro de conformidade, ou por agências governamentais.

NOTA 5 Este termo é um dos termos comuns e definições fundamentais das normas ISO de sistemas de gestão apresentadas no Anexo SL do Suplemento consolidado ISO da Diretiva ISO/IEC Parte 1. A definição original e as Notas foram modificadas para remover o efeito de circularidade entre as definições de critério de auditoria e de evidência de auditoria, e as Notas 3 e 4 fora m adicionadas.

 

ISO 14001: NOTA 3: A independência pode ser demonstrada pela liberdade de isenção de responsabilidades pela atividade auditada, ou ausência de tendência e conflito de interesse.

 

 

Auditoria combinada (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Auditoria realizada em um único auditado, em dois ou mais sistemas de gestão.

NOTA 1 As partes de um sistema de gestão que podem ser envolvidas em uma auditoria combinada podem ser identificadas por normas de sistema de gestão pertinentes, normas de produtos, normas de serviços ou normas de processos aplicadas pela organização.

 

Auditoria conjunta (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Auditoria realizada em um único auditado por duas ou mais organizações de auditoria.

 

Programa de auditoria (fonte: ISO 9000/19011)

Conjunto de uma ou mais auditorias, planejado para um período de tempo específico e direcionado a um propósito específico.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.13, modificada]

 

Escopo de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Abrangência e limites de uma auditoria.

NOTA 1 O escopo de auditoria geralmente inclui uma descrição das localizações físicas, unidades organizacionais, atividades e processos.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.14, modificada ‒ Nota foi modificada]

 

Plano de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Descrição das atividades e arranjos para uma auditoria.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.15]

 

Critério de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Conjunto de políticas, procedimentos ou requisitos usados como uma referência,

com a qual a evidência objetiva é comparada.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.2, modificada – O termo “evidência de auditoria” foi substituído por “evidência objetiva”]

 

Evidência de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Registros, apresentação de fatos ou outras informações, pertinentes aos critérios de auditoria e verificáveis.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.3, modificada – Nota foi excluída]

 

Constatações de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Resultados da avaliação de evidência de auditoria coletada, comparada com os critérios

de auditoria.

NOTA 1 Constatações de auditoria indicam conformidade ou não conformidade.

NOTA 2 Constatações de auditoria podem conduzir à identificação de oportunidades para melhoria ou registros de boas práticas

NOTA 3 Em inglês, se os critérios de auditoria forem selecionados de requisitos estatutários ou requisitos regulamentares, a constatação de auditoria pode ser denominada “compliance” ou “non-compliance”.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.4, modificada – Nota 3 foi modificada]

 

Conclusão de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Resultado de uma auditoria após levar em consideração os objetivos de auditoria

e todas as constatações de auditoria.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.5]

 

Cliente de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Organização ou pessoa que solicita uma auditoria.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.6, modificada – Nota foi excluída]

 

Auditado (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Organização que está sendo auditada

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.7]

 

Guia (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Pessoa indicada pelo auditado para apoiar a equipe auditora.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.12]

 

Equipe de auditoria (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Uma ou mais pessoas que realizam uma auditoria, apoiadas, se necessário, por especialistas.

NOTA 1 Um auditor da equipe de auditoria é indicado como o líder da equipe de auditoria.

NOTA 2 A equipe de auditoria pode incluir auditores em treinamento.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.9, modificada]

 

Auditor (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Pessoa que realiza uma auditoria.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.8)

Especialista (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Pessoa que provê conhecimento ou experiência específicos para a equipe de auditoria.

NOTA 1 Conhecimento ou experiência específicos são relativos à organização, ao processo ou à atividade a ser auditada, ou idioma ou cultura.

NOTA 2 Um especialista não atua como auditor na equipe auditora.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.10, modificada – Nota 1 foi modificada]

 

Observador (fonte: ISO 9000; ISO 19011)

Pessoa que acompanha a equipe de auditoria, mas não atua como um auditor.

NOTA 1 Um observador pode ser membro do auditado, de um organismo regulamentador ou outra parte interessada que testemunhe a auditoria.

[FONTE: ABNT NBR ISO 19011:2012, 3.11 modificada – O verbo “auditar” foi removido da definição; a Nota foi modificada]

Ellux Consultoria - há mais de 18 anos trazendo soluções em Gestão da Sustentabilidade, Qualidade e Riscos.

Auditoria, Consultoria, Treinamentos e Gamificação em Sistemas de Gestão com base nas Normas ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001, ISO 45001, ISO 26000, ISO 50001, ISO 31000, ISO 37001, ISO 19600, DSC 10000, BPM e outros modelos.